Igreja sede: Rua Osvaldo Cruz, 330 - Bairro Forquilhinhas - São José - SC
Congregação Prainha : Morro do governo, 436 - Bairro Prainha - Florianópolis - SC
Contatos / informações : ibforquilhinhas@hotmail.com

sábado, 24 de abril de 2010

A Providência de Deus

Série de estudos
4 - A Providência Todo-Abrangente de Deus

Rev. Ronald Hanko

Fonte : www.monergismo.com
Tradução: Felipe Sabino de Araújo Neto

Deve ser enfatizado tão fortemente quanto possível que a providência
de Deus é sobre todas as coisas na terra, no céu e no inferno. Isso é
simplesmente outra forma de dizer que Deus é soberano. A Escritura ensina
que ele soberanamente governa:
a - Anjos (Sl. 103:20,21).
b - Demônios (Jó 1:12; Jó 2:6).
c - Todos os homens (Jr. 10:23; Atos 17:28)
d - Os corações dos homens (Pv. 21:1).
e - As ações dos homens (Pv. 16:9).
f - Os pensamentos e palavras dos homens (Pv. 16:1).
g - Os atos pecaminosos de todos os homens (Sl. 33:10; Pv. 16:4;
Amós3:6; Atos 2:23).
h - Os pecados do seu povo (Is. 63:17).
i - O endurecimento dos corações dos homens no pecado (Êx.
4:21; Rm. 9:18).
j - O tempo e as estações (Atos 14:17).
l - As estrelas e os planetas (Sl. 104:19).
m - As grandes coisas da criação (Jr. 5:24; Dn. 4:35).
n - As coisas menores e mais insignificantes (Mt. 10:29,30).
o - Os assim chamados desastres naturais e eventos desagradáveis
(Sl. 105:29; Sl. 148:8).
p - A guerra e a paz (Is. 45:7).
q - A vida e a morte (Gn. 4:1; Sl. 31:15; Sl. 104:28,29).
r - Todas as coisas (Sl. 103:19).
Contudo, a providência de Deus não é somente seu governo. Não
esqueçamos que ele também traz todas as coisas à existência, dirige e controla-
as, e usa todas elas para realizar seu propósito e beneplácito (Êx. 3:19,20; Is.
44:28; Is. 46:9,10; Ef. 1:5; Fp. 2:13).
Isso é tanto o mistério como o milagre da providência. É um mistério
que Deus use todas as coisas, incluindo a impiedade e aqueles que praticam o mal, sem ser ele mesmo responsável pela impiedade. É um milagre da graça
que ele soberanamente use todas as coisas para a salvação dos seus e para o
bem daqueles que o amam e que são chamados segundo o seu propósito. Ele
faz isso por causa de Cristo, que sofreu, morreu e ressuscitou pelos pecados
do seu povo.


Fonte (original): Doctrine according to Godliness, Ronald Hanko,
Reformed Free Publishing Association, p. 94-95.

Nenhum comentário:

Postar um comentário